neonews Portal de notícias e entretenimento

Volkswagen está sendo investigada por brincadeira de primeiro de abril

A pegadinha até mesmo recebeu uma “confirmação” do CEO da Volkswagen na América para enganar parte da imprensa que estava desconfiada


Créditos: Paul J. Richards - AFP/GETTY IMAGES



Realizada no dia 29 de março, a subsidiária dos Estados Unidos anunciou que a empresa iria mudar seu nome para “Voltswagen” e passaria a focar exclusivamente na produção de carros elétricos. Esse anúncio ocasionou um certo rebuliço em torno da empresa, porém no fim foi revelado que era apenas uma pegadinha de primeiro de abril. Mas o que parecia apenas uma brincadeira inocente, resultou em uma investigação feita pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC).


Analistas dizem que provavelmente a SEC está vendo como a pegadinha afetou o preço das ações da empresa, visto que houve um aumento de 12,5% em seu valor - o que significa bilhões de dólares - e se com isso quebraram alguma lei. Porém o interesse em específico com a investigação ou quais leis a Volkswagen poderia ter quebrado ainda é uma incógnita.


A agência já possui um histórico de investigações como essa em seu passado. Anteriormente foram atrás do Elon Musk por conta de tweets sobre a Tesla que no fim não eram verdades.


Além disso, vale lembrar que a Volkswagen já possui um histórico muito bem documentado de mentiras, que já custou bilhões de dólares para a empresa dado um processo.



O que foi a pegadinha


No dia 29 de março, três dias antes do dia da mentira, um comunicado à imprensa feito pela subsidiária da Volkswagen dos Estados Unidos foi aparentemente vazado, dizendo que a empresa mudaria de nome, e que junto a mudança de foco da empresa, passando a produzir apenas carros elétricos, a empresa iria se chamar “Voltswagen


Esse comunicado foi publicado por diversos meios, porém foi visto ainda com grande incerteza. Então no dia seguinte a empresa seguiu com outro comunicado, desta vez assinado por Scott Keogh, CEO da Volkswagen da América, confirmando o que havia sido dito.


Apenas um tempo depois que essa brincadeira, bem antes do momento certo, foi desmentida, e diversos grandes portais, como a Associated Press por exemplo, disseram que representantes da empresa haviam mentido para eles dizendo que a mudança iria de fato acontecer.


Sem Título-1 (1).jpg
versao_branca.png
Conteúdos originais produzidos de ponta a ponta pela vertente de entretenimento construída pela neoCompany que reúne o que há de melhor sobre uma gama de assuntos que com certeza vai te conquistar. Conheça o portal neonews e os neoriginals!