neonews Portal de notícias e entretenimento

Vazamento expõe dados de 500 milhões de usuários do Linkedin

Informações estão sendo vendidas na internet


Imagem: Reprodução/Pinterest


Dias após outro grande vazamento de dados de usuários do Facebook, que explicamos aqui, dessa vez foi o Linkedin que sofreu o golpe. Estão sendo negociados na internet arquivos com dados de mais de 500 milhões de usuários da rede.


Os culpados pelo ataque divulgaram dois milhões de registros como amostra de que o golpe foi bem-sucedido. Estão oferecendo amostras na web por US$ 2 em créditos em um fórum de hackers. O principal autor do ataque indica que está disposto a leiloar todo o banco de dados por pelo menos uma quantia de quatro dígitos.


Ainda não é claro se estão vendendo dados obtidos de uma violação anterior ou são informações atualizadas.


Porém, os arquivos obtidos não incluem nenhum dado sensível dos usuários. Ainda assim é importante ressaltar que outros cibercriminosos podem combinar informações com outros vazamentos, possibilitanto criarem perfis mais detalhados sobre os usuários.


Entre os dados que podem ter sido obtidos com o vazamento estão:

  • IDs do LinkedIn

  • Nomes completos

  • Endereço de e-mail

  • Números de telefone

  • Links para perfis do LinkedIn

  • Links para outros perfis de mídia social

  • Títulos profissionais e outros dados relacionados ao trabalho dos usuários


Uma dica importante para evitar problemas é tomar cuidado com mensagens e solicitações de conexão de estranhos. Além de alterar senhas das contas das redes sociais e e-mails cadastrados nos perfis, e habilitar a autenticação de dois fatores.


Fonte: CyberNews

Sem Título-1 (1).jpg
versao_branca.png
Conteúdos originais produzidos de ponta a ponta pela vertente de entretenimento construída pela neoCompany que reúne o que há de melhor sobre uma gama de assuntos que com certeza vai te conquistar. Conheça o portal neonews e os neoriginals!