neonews Portal de notícias e entretenimento

Metaverso | Tecnologia da Nvidia permite criação de avatares 3D que interage com o mundo real

Com o uso de inteligência artificial o "boneco" responde a qualquer pergunta com expressões faciais e corporais interativas


Avatar 3D de Jensen Huang, CEO da Nvidia Corporation

(Créditos: Nvidia / Reprodução)


Os assistentes virtuais já são uma tendência no mundo da tecnologia há alguns anos, porém a Nvidia busca com essa nova tecnologia aumentar a interação e imersão com o usuário. Anunciado na última segunda-feira (08), a tecnologia "Omniverse Avatar" insere os assistentes ao Metaverso, criando figuras virtuais com ray tracing, inteligência artificial, rastreamento facial e fala sintética.



Leia também: Você sabe o que é metaverso? Conheça esse que é considerado "o futuro da internet"



Essa nova tecnologia representa um grande avanço ao setor, principalmente ao compararmos com as assistentes mais populares como Siri e Alexa, que nem possuem avatar. Durante revelação, que foi feito em um evento dedicado a desenvolvedores, a empresa mostrou protótipos conceituais de eventuais usos que podem ser feitos com o Omniverse Avatar.



Em uma espécie de entrevista, foi criado um avatar 3D do CEO da Nvidia, Jensen Huang, com a função de assistente virtual, porém bem mais realista (confira o vídeo acima). O que podemos tirar de informação deste clipe é que primeiro, a tecnologia consegue "colocar" esses avatares no mundo real, a simulação de iluminação, graças ao ray tracing, é bastante realista e as expressões faciais e corporais, mesmo que ainda limitadas, são bem satisfatórias e devem evoluir no futuro.





Porém um dos grandes destaques fica para a fala sintética, que usa o sistema Nvidia Riva para criar o som da fala mais natural possível, junto com a inteligência artificial da Nvidia e o Megatron 530B, que atualmente é o maior e mais poderoso modelo de linguagem generativa do mundo. O avatar de Huand respondeu perguntas de 3 pessoas diferentes, com uma média de apenas 2 segundos para gerar as respostas.



Outro conceito de uso seria de um avatar em quiosques de restaurante atendendo diretamente os clientes. Com voz sintética simulada, o fofo robozinho interage com os clientes mantendo contato visual direto a ambos, o que deixa a conversa muito mais a imersiva e natural. Essa funcionalidade toma proveito da tecnologia Metropolis, desenvolvida pela própria Nvidia, para identificar e localizar o rosto de quem está falando.





Quer ficar por dentro de várias notícias sobre a cultura pop e o mundo da tecnologia? Acesse o canal do Portal neoNews no Telegram!

Sem Título-1 (1).jpg
versao_branca.png
Conteúdos originais produzidos de ponta a ponta pela vertente de entretenimento construída pela neoCompany que reúne o que há de melhor sobre uma gama de assuntos que com certeza vai te conquistar. Conheça o portal neonews e os neoriginals!