neonews Portal de notícias e entretenimento

Quais são as mentiras mais comuns presentes nos currículos?

Para tentar "driblar" os recrutadores, é comum que esses tópicos sejam colocados de maneira falsa; o que não é o ideal


(Unsplash)


Infelizmente, a mentira faz parte do cotidiano do mundo profissional; e já se ouviu muito falar sobre diversas situações em que alguém omite uma informação, ou inventa uma "mentirinha" para não passar por um questionamento, ou situação, em que possa se comprometer. Mas quando se trata da sua vida no trabalho, tais mentiras podem atrapalhar muito, principalmente nos currículos.


Quando se trata do currículo, podemos encontrar vários exemplos de mentiras para enganar os recrutadores. Por isso, elas não devem servir de exemplos de conduta positiva, mesmo que aquela "vaga dos sonhos" seja muito preciosa e difícil de se conquistar.


Você pode gostar deste assunto: 9 habilidades humanas que robôs (ainda) não podem substituir no trabalho



Mentiras que costumam aparecer em currículos de processos seletivos:

  1. Línguas estrangeiras: uma das principais mentiras encontradas em currículo, quando alguém diz dominar fluência numa língua estrangeira, como no inglês ou no espanhol;

  2. O "emprego antigo": as pessoas costumam alterar o tempo que ficaram em determinada empresa e omitem o motivo da demissão, por exemplo, além de criarem histórias ou experiências que nunca existiram;

  3. Formação: há gente que acrescenta cursos que nunca fizeram, apenas para agregar no currículo e fingir dominar um assunto na frente dos recrutadores;

  4. Habilidades: algumas empresas procuram por habilidades específicas para uma determinada vaga, e o candidato já as coloca dentro de seu currículo, mesmo não as possuindo.


Algumas dessas mentiras são descobertas no momento da entrevista para a vaga, ou antes da contratação: o nível de inglês pode ser testado durante a conversa; os dados da empresa anterior e sobre a formação podem ser adquiridos por contatos externos; ou os certificados dos cursos podem ser pedidos na hora do "vamos ver".



Quando os recrutadores descobrem as mentiras nos currículos, a tão desejada vaga vai por água abaixo; e além de ser recusado naquele momento, você pode ser totalmente excluído de qualquer processo seletivo que virá a seguir naquele local.


O mais importante para uma contratação é a sinceridade. É necessário que o candidato coloque a verdade e fale a verdade, e este sim será um diferencial para se destacar no processo seletivo. Não se esqueça, o RH irá atrás das informações passadas.


Fonte: Linkedin



Leia também:

Saiba 7 dicas de como organizar seu e-mail e ajudar na sua produtividade
Como ter e promover mais saúde e bem-estar no mundo corporativo?


Se você gosta do mundo dos negócios e procura dicas sobre o assunto, conheça a série de videocasts do neoTalk no canal oficial da neo no YouTube! Lá, você pode conferir todos os episódios da produção na íntegra.

Sem Título-1 (1).jpg
versao_branca.png
Conteúdos originais produzidos de ponta a ponta pela vertente de entretenimento construída pela neoCompany que reúne o que há de melhor sobre uma gama de assuntos que com certeza vai te conquistar. Conheça o portal neonews e os neoriginals!