neonews Portal de notícias e entretenimento

Como o home office, e seu "fim", pode estar ligado às demissões nas empresas?

Movimento foi evidenciado nos Estados Unidos, e em outros países ao redor do globo; qual é a causa?



(Unsplash/Reprodução)



Você já ouviu falar da "Grande Debandada"? A tendência no mundo do trabalho teve início no ano passado, primeiramente nos Estados Unidos, e chegou em outras regiões do mundo. Nesse sentido, o movimento tem a ver com a quantidade de demissões que atingiu as empresas nos últimos meses, em relação ao retorno ao trabalho presencial.


Durante 2020 e 2021, o home office se tornou uma realidade quase que permanente para muitos cargos, em companhias de todo o planeta. Nisso, ao voltar para o trabalho nos escritórios, os funcionários decidem buscar outras vagas de emprego que atendam às suas necessidades atuais. Ao invés de largar a rotina construída durante o trabalho à distância, há às vezes a alternativa de manter-se em casa e ir para uma empresa que utiliza do home.


Leia também: Cargo de "chefe de futuro do trabalho" é buscado para lidar com experiências de trabalho híbrido



Também conhecida como "a grande reavaliação", os profissionais estão revendo suas opções e ambientes de trabalho: é melhor retornar aos escritórios, ou permanecer no espaço montado em casa? Quais gastos serão adicionados à rotina presencial, depois de praticamente dois anos em home office? Estas são questões levadas em conta


Assim, as demissões dentro de empresas que só utilizam o trabalho presencial são vistas em maior quantidade. A ideia vai contra, por exemplo, do chamado anywhere office: quando escritórios inteiros são levados para o home, e a companhia torna-se capaz de funcionar sem a necessidade de um espaço físico, como um prédio corporativo.


Leia também: O que é Costumer Service e Costumer Success? Qual é a importância destes termos?



Com tal desafio em mãos, as empresas devem pensar em políticas internas que sejam atrativas aos funcionários; principalmente se a retomada do trabalho presencial é planejada, ou já está em vigência. Como o funcionário pode se sentir valorizado, e tendo a rotina pessoal respeitada, na volta aos escritórios?


E ainda, outra perguntar surge: será que o home office vai acabar? A modalidade de trabalho foi amplamente aceita no mundo todo, e ela só evolui. É possível que as pessoas continuem atuando de casa ainda por um bom tempo.



Se você gosta do mundo dos negócios e procura dicas sobre o assunto, conheça a série de videocasts do neoTalk no canal oficial da neo no YouTube!


Leia também:

Artigo | O Poder do Costumer Service para o sucesso de uma companhia atual
Conheça 4 personalidades da mídia que se tornaram C-Level em empresas

*Conteúdo patrocinado pela neoCompany




Sem Título-1 (1).jpg
versao_branca.png
Conteúdos originais produzidos de ponta a ponta pela vertente de entretenimento construída pela neoCompany que reúne o que há de melhor sobre uma gama de assuntos que com certeza vai te conquistar. Conheça o portal neonews e os neoriginals!