neonews Portal de notícias e entretenimento

Dica | "Coworking Virtual" - Uma nova alternativa para se concentrar no home-office

Se reunir com estranhos pela internet para trabalhar ou estudar "juntos" está ganhando cada vez mais popularidade


Créditos: pch.vector | Freepik


A pandemia obrigou diversos profissionais a trabalhar de forma remota, e devido a isso novas maneiras de se concentrar foram criadas. Reportagem feita pelo Núcleo Jornalismo aborda o Coworking Virtual, prática que consiste nas pessoas se conectarem pela internet e juntos evitarem a procrastinação, além de também não se sentirem sozinhos durante esse período.


Na Twitch, plataforma popular de lives focada grande parte em games, é possível se deparar com diversas lives de coworking, onde o streamer e o usuário trabalham “juntos” ao som de beats lo-fi (populares na internet por auxiliar na concentração durante trabalho e estudos).


Essas lives utilizam a já famosa técnica pomodoro para se concentrar, que consiste em 25 minutos de trabalho/estudo (chamado de “sprint”) e 5 de descanso. É nessa pausa que os viewers e o streamer interagem entre si, contam histórias, e descontraem. Porém quando atinge o limite de tempo, todos voltam ao que estavam fazendo. Esse ciclo se repete diversas vezes durante uma só live, chegando até a 7 horas seguidas em um sábado.


Créditos: napratica.org.br


A jornalista e criadora de conteúdo Miram Castro, conhecida também como Mikannn, já fazia lives de games na plataforma antes, porém decidiu também incluir na sua rotina de trabalho visto que possui dificuldade de atenção e que essa poderia ser uma maneira de auxiliar na produção de suas tarefas.


Ao falar sobre seus “companheiros de trabalho virtuais”, Miriam comenta: “Não sei se estão trabalhando mesmo ou não, mas na hora da concentração poucos interagem no chat, e tem um bot que diz que é uma live para ficar em silêncio.”


Clara Matheus, que faz doutorado em literatura e apresenta o mimimidias, também aderiu a essa nova prática. Inspirada na própria Mikannn, durante três vezes na semana ela organiza sessões de trabalho, e enquanto usa desse tempo para escrever sua tese sobre adaptações literárias para as redes sociais, compartilha desse momento de produtividade com, por exemplo, um engenheiro trabalhando com biomassa e programadores aprendendo a linguagem Python, dentre vários e diversas outras atividades que requerem concentração.


Chamado de “Bonde do Foco”, em dias em que ela não entra ao vivo, eles se reúnem em um servidor do Discord e assim mantêm a rotina de trabalho.


Assim como a reportagem do Núcleo, essa matéria foi escrita ao longo de sessões de coworking virtual, e de fato funciona, principalmente para quem tem dificuldades de concentração ao trabalhar em casa. Além de live e servidor no Discord com desconhecidos, também é possível fazer entre amigos.


Sem Título-1 (1).jpg
versao_branca.png
Conteúdos originais produzidos de ponta a ponta pela vertente de entretenimento construída pela neoCompany que reúne o que há de melhor sobre uma gama de assuntos que com certeza vai te conquistar. Conheça o portal neonews e os neoriginals!