neonews Portal de notícias e entretenimento

Aos queridos leitores das crônicas, um agradecimento por 2021


Seria impossível nos despedirmos de 2021 sem deixar registrado por aqui uma homenagem ao neoriginal que mais preencheu corações, fez cabeças pensarem e derramou lágrimas de emoção.


Os textos mais acessados do portal, uma comunidade de leitores criada organicamente que nos deixa de coração quente toda semana. Para presentear e agradecer por esse ano incrível ao nosso lado, trouxemos uma breve entrevista com nosso querido cronista, Otávio, e uma mensagem especial de fim de ano para vocês que dedicam um tempinho toda semana para estar por aqui.


Esperamos que gostem da surpresa, e em 2022 tem muito mais.



Disponibilizamos para os leitores a oportunidade de ouvir as respostas do nosso querido Otávio pela sua própria voz nos players abaixo de cada resposta.


Bruna: Como foi começar a escrever as crônicas?


Otávio: Olá Bruna. Antes preciso lhe dizer que estou feliz com bela companhia sua, dedicada e talentosa. Aproveito também o empenho da STAFF, da narradora Patrícia e da espiritualizada Maria Hisae que participa na composição do todo. E um grande abraço aos amigos que nos acompanham. Amigos que só conheci através de postagens nos comentários e sinto que todos nós já nos encontramos há tempos ou em outras dimensões. Porque quando se fala em verdadeira amizade o tempo e espaço desaparecem e prevalece o sentido real do Sentir.


Bem Bruna, confesso-lhe que não estava no meu planejamento escrever crônicas. Tudo começou quando estávamos reunidos ao lado de uma fogueira. (Só um adendo: construí um fogareiro de chão do meu quintal a pedido da minha filha). E nos finais de semana tenho hábito de receber amigos para um bate papo ao ar livre. Certo dia o CEO da neoCompany, Thiago Ferreira Martins, estava comigo e comentou que criou um site com outros propósitos sem tocar na política e outros temas que estão repetitivos que sairiam do comum.


Ele expôs seu sonho e que abriria um espaço, uma coluna “Histórias de vida” e que depois a equipe rebatizou como “Crônicas”. Achei interessante a ideia, mas me senti meio que fora de moda escrever para site porque os assuntos estariam ligados ao público jovem e consequentemente não daria visualizações.


Era para ser mensal, quinzenal e definimos que lançariamos todas as semanas às terças-feiras. Acreditamos nesse projeto e a minha primeira crônica foi “Eu homem, eu máquina" e eu me coloquei no lugar do robô que iria aterrissar em Marte. Distribuímos pelos amigos e muitos não deram feedback. Continuamos acreditando no projeto e passei a aprofundar na linha filosófica. Foi quando a leitora e amiga Débora, carinhosamente chamada Déb., colocou um comentário. Paralelamente a isso, o servidor enviava relatórios de visualizações bem como os locais de acesso. Fiquei pasmo quando soube que muitos liam as crônicas. Foi assim que descobri a minha missão perante aos homens. Levar mensagens via site.














Bruna: Imaginava que ia ter a audiência e o retorno que teve/tem?


Otávio: Sinceramente não esperava que o feedback dos leitores fosse tão forte, profundo e emocionado. Senti lágrimas, suspiros, sorrisos, olhares carinhosos para com os textos, o inter relacionamento entre os leitores que é lindo. Vi a presença de profissionais na área de humanas, psicólogos, terapeutas complementares, professores, uma diarista na sua simplicidade fez presença. Para mim os números representam estatísticas apenas isso. De uma simples tarefa de escrever Crônicas passou a ser algo filosófico para reflexões e melhor entendimento do ser humano que está próximo de você ou até mesmo de si mesmo.











Caso você tenha perdido a crônica especial de fim de ano confira : "O desafio do destino"


Bruna: Como foi e é atualmente lidar com esse retorno recebido?


Otávio: É gratificante, emocionante e ao mesmo tempo de grande responsabilidade. Ao escrever ou expor, é preciso prestar atenção nas palavras, no título, subtítulo, nas frases e principalmente nas colocações de conhecimentos nas entre linhas. Em todos os textos são baseados em grandes mestres ocidentais e orientais sem tirar o mérito de inserção de observações. É preciso tomar cuidado e em emoções e sentimentos que ainda ferem certas pessoas. Mágoas que afloram durante a leitura, lembranças saudosistas do passado e lágrimas de compreensão das palavras ajudam a expor de vez algo que feria durante tempos....


Antes de tudo, não são as minhas palavras que mudam o modo de pensar das pessoas e sim a aceitação de si. É direcionado para compressão que cada leitor precisa. Mudar o relativo dos porquês, de como e para quê... É compreender que cada vida é uma peça importante para a montagem do quebra cabeça chamado Universo.












Bruna: O que essa experiência trouxe de bom para você?


Otávio: Uma leitora também fez uma pergunta semelhante a essa. O que eu ganho escrevendo crônicas...? A transformação para um mundo bem melhor.


Para mim... se uma única pessoa entrar em meditação e ver na sua razão, que a vida é regida por inúmeras possibilidades de mudanças para melhor já fico feliz. Entender que todos nós jamais podemos barrar a evolução e a sabedoria sempre ficou disponível para todos.

De onde viemos, quem somos, o que fazemos e para onde vamos? Perguntas que ficarão marcadas cada vez mais forte quanto mais aprofundamos.

Importante é SER VOCÊ MESMO...


Estaremos juntos em 2022. É o ano de desapego, é tempo de dar espaço ao novo!

Na virada, ao abrir uma garrafa de champanhe, celebre ao nosso Mestre.

Nas explosões dos rojões que eleve o seu pensamento para o infinito.

Diga apenas uma simples frase.

Obrigado Pai...

FELIZ ANO NOVO!











Nós da equipe do Portal neonews agradecemos o nosso mestre cronista Otávio e todos vocês que inundam os comentários de reflexões, carinho e atenção. Tudo isso torna nosso trabalho cada semana ainda mais gratificante. Esperamos estar juntos em 2022.


Feliz Ano Novo!


Assista a mensagem especial de fim de ano do Otávio para os leitores:






Sem Título-1 (1).jpg
versao_branca.png
Conteúdos originais produzidos de ponta a ponta pela vertente de entretenimento construída pela neoCompany que reúne o que há de melhor sobre uma gama de assuntos que com certeza vai te conquistar. Conheça o portal neonews e os neoriginals!